CENTRAL DE ATENDIMENTO
Conheça as unidades

9998

Caroline Mattos

HDS Caroline Mattos 2

“Meu sinal ficou vermelho, vem amarelando e logo estará verde”

“Durante a quimioterapia, minha tia me chamou para ir ao Programa do Faustão, da TV Globo, e aceitei. Chegando ao Projac, fiquei sabendo da participação de um cantor, que havia conhecido através de um clipe que ele dedicou às mulheres que estão em tratamento e que meu marido canta para mim todos os dias. Na mesma ocasião, conheci a atriz que contracenou com o cantor.

Um belo dia, numa segunda quimioterapia no COI, estava olhando meu celular e vi que a Tha Lopes, a atriz do clipe, estaria doando a peruca que usou nas filmagens. Na mesma hora, resolvi contar minha história e falar porque merecia ganhá-la. Na verdade, não acreditei que pudesse ganhar. Afinal, muitas escreveriam. Então, por que seria a escolhida?”

Passada a quimioterapia, Caroline Micceli foi para casa, dormiu e nem ligou o celular. Só foi ligá-lo no dia seguinte e lá estava a resposta: ela havia ganhado a peruca. “Que felicidade! Não acreditei na hora, mas adorei!!!”

Esta é apenas parte da história de superação de Caroline Mattos Micceli dos Santos. Com apenas 32 anos, formada em Direito, a empresária é casada e tem dois filhos: uma menina de 8 anos e um menino de 5 anos! Ela conta que, inicialmente, imaginou que ficar careca fosse seu maior desafio. Na verdade não. No princípio usou lenços, mas achou que não ficou bem e, como ganhou a peruca da Tha Lopes, sente que esta é a sua força.

“Estou em tratamento ainda, mas acredito que estarei curada rápido. Tenho muita força, foco e fé. Aliás, são aliados que andam comigo todos os dias. Aprendi que o simples é melhor, que o tempo é precioso e que somos mais fortes do que imaginamos. Penso que meu sinal ficou vermelho, vem amarelando e logo estará verde.”

Caroline descobriu o câncer de mama em fevereiro deste ano e isso tem lhe ensinado a viver melhor. “Engraçado como a vida nos prega peças que achamos muito difícil de enfrentar.”

A descoberta aconteceu através de um autoexame depois de uma conversa com uma tia, segundo ela, um anjo em sua vida. “Estava há uns dois anos sem visitar meu médico e nunca pensei que acharia qualquer coisa nessa idade.”

Depois do autoexame e antes da biópsia, muitos falavam que estava doida. Que com certeza, não era nada. Mas ela conta que, no fundo sabia. E sabia mais: que o tempo era seu aliado.

Após a biopsia, partiu para uma consulta com o mastologista, que como ela diz, foi outro anjo. “Sempre muito realista, me contou sobre tudo o que eu deveria fazer e tudo que eu iria passar.” Em menos de um mês, ela fez a cirurgia e o tempo foi realmente seu aliado, pois o nódulo tinha menos de dois centímetros e não havia avançado.

A cada exame realizado, uma comemoração familiar. Caroline elogia a família e diz que foi a base de tudo. “Quanto maior, melhor, pois todos ficam com forças esgotadas”, disse.

“Meu marido estava abalado. Acho que foi a única vez que o vi assim.” Quando foram ao consultório médico para retirada dos pontos, ela conta que a grande surpresa ainda estava por vir: “uma viagem para o lugar onde sempre estamos felizes e sempre nos fazem felizes!” Durante a consulta, seu marido perguntou ao médico mastologista se poderiam viajar para Orlando.

“Sinceramente, nem eu acreditei, mas adorei a ideia de sair da minha realidade. Acho que a surpresa foi tão grande que nem o médico parou para pensar e logo autorizou. Seria um ano difícil e eu deveria voltar renovada.”

Quando voltou, Caroline conta que a realidade veio à tona, mas se sentiu mais amada e confiante. Então, vieram as tão esperadas quimioterapia. “Li muito sobre, pensei em desistir algumas vezes, mas lembrei que devemos estar sempre preparados, pois temos pessoas que dependem da gente, que nos amam e que torcem por nós.”

Ela confessa que todos os dias faz uma analogia entre a vida e uma flecha. “Minha vida está puxada para trás, mas quando soltar, pegará um impulso e sempre seguirá para frente e direto.”

Para aqueles que estão enfrentando situação semelhante, ela faz um pedido: “que nunca percam a esperança e vontade de viver; fazer o bem sem olhar a quem; viver do simples; amar, beijar e curtir a família. Viver cada segundo intensamente, como se não existisse o amanhã.”

Compartilhe: