CENTRAL DE ATENDIMENTO
Conheça as unidades

Início > Histórias de Superação > Gislene Vieira
12944

Gislene Vieira


Tenho 38 anos. Aos 36, senti um nódulo na minha mama e fui ao médico. Ele me disse que não havia nada, mas fiquei com aquilo na cabeça. Fui procurar outro profissional, que pediu um ultrassom – também não revelou nada. Então comecei a pensar que poderia ser algo da minha cabeça. Passaram-se dois anos, e eu continuei sentindo o nódulo.
Foi então que, depois de ir novamente ao médico e fazer outro ultrassom e uma mamografia, eu soube que o nódulo era cancerígeno (HER2 positivo). Teve início uma nova luta. Comecei fazendo químio semanalmente e, agora, faço a cada 21 dias. Tenho isso como um aprendizado. Quero ajudar outras mulheres a enfrentar esse mal e, claro, amar a vida.

Compartilhe: